/ Informação

A transformação que as APIs promovem no sistema financeiro

As APIs são ferramentas tecnológicas que facilitam a integração e o compartilhamento de dados entre sistemas computacionais. Assim, elas são importantes tanto para os setores internos de empresas e suas plataformas de gestão quanto para o sistema financeiro e bancário como um todo.

Hoje, a Liber Capital explica o que é API, como essa ferramenta funciona e qual a sua importância para o sistema financeiro no contexto do Open Banking. Acompanhe!

O que é API?

API é um acrônimo para o termo em inglês “Application Programming Interface”, que em português quer dizer Interface de Programação de Aplicação.

Uma API é um protocolo ou conjunto de rotinas e padrões de programação que possibilitam que uma dada aplicação (como um aplicativo de celular, um programa desktop ou um ERP) utilize as funcionalidades de outra aplicação (externa) para atingir um dado objetivo de negócio.

Essas aplicações são desenvolvidas com diferentes códigos e linguagens de programação. Por conta disso, contudo, quando elas precisam trocar informações e dados entre si, não conseguem se entender, como se houvesse uma barreira.

Nesse sentido, a função básica das APIs é a de fazer com que essas duas aplicações diferentes estabeleçam uma comunicação, assumindo o papel de ponte que possibilita a troca de dados e informações entre as duas.

Isso permite a redução de custos de implementação pelo reuso de uma funcionalidade já implementada na aplicação externa, bem como facilita a automatização do compartilhamento de dados de uma aplicação com aplicações e sistemas de parceiros.

Usos das APIs

As APIs estão presentes em nosso dia a dia e são usadas para facilitar a rotina. Isso porque, empresas desenvolvem APIs para suas aplicações quanto têm a intenção de que outras empresas desenvolvam produtos que possam ser associados aos seus serviços.

Esse é o caso dos sistemas de pagamento online em aplicativos, cadastros em outras plataformas usando contas em redes sociais e também a verificação de saldo em conta corrente por aplicativos de celular. Em todos eles temos sistemas diferentes se comunicando por meio dos protocolos de API.

Um exemplo que facilita a compreensão, por ser muito comum, é o caso do Google Maps, que provê APIs dedicadas para a apresentação de mapas e busca de endereços. Por meio das APIs do Google Maps, é possível desenvolver sites e aplicativos que apresentem mapas ao usuário sem precisar se preocupar em toda a complexidade da obtenção e do armazenamento desses mapas.

Já para as empresas, as APIs são úteis internamente nos sistemas de gestão empresarial e das áreas financeiras e administrativas, permitindo o compartilhamento de dados entre esses sistemas de maneira automatizada e coesa.

Como funciona uma API?

De maneira geral, uma API define um canal de comunicação entre dois sistemas que desejam se comunicar, bem como as mensagens que podem ser trocadas por meio do canal definido. Podemos pensar como se fosse uma ligação telefônica entre ambos os sistemas, na qual apenas assuntos pré-determinados pudessem ser conversados.

Essa comunicação pode, então, ser realizada de maneira automática e sem necessidade de conciliar as linguagens de programação de ambos os sistemas, possibilitando sua integração.

A integração dos dados entre os dois sistemas é feita por meio de download e cópia das informações de um sistema para outro. Nesse sentido, o sistema que utiliza a API, chamado de cliente,solicita o acesso às informações de interesse existentes no sistema que provê a API, chamado de serviço.

O serviço, então, verifica se o cliente pode ter acesso a essas informaçẽos e retorna uma resposta adequada garantindo, assim, a segurança na circulação de informações sensíveis. Caso o cliente deseje que os dados presentes no serviço sejam modificados, o cliente envia uma mensagem do tipo correto contendo os novos dados.

De maneira semelhante, o serviço verifica se o cliente pode realizar essa operação e modifica, ou não, os dados armazenados. Todo o processo é permeado por protocolos de segurança que proporcionam a privacidade dos dados de seus usuários.

3047867

A importância das APIs para o sistema financeiro

As APIs fazem parte do contexto de transformação digital do qual diversas áreas da sociedade têm participado. Contudo, o sistema financeiro, em especial, é um dos grandes beneficiados por esse processo de inovação.

As operações do Open Banking, por exemplo, só são possíveis graças às APIs. As APIs do Open Banking possibilitam o compartilhamento de dados entre as empresas que oferecem serviços financeiros e tornam todas as suas operações mais integradas.

Nesse sentido, a principal contribuição das APIs para o Open Banking é intensificar a portabilidade de dados, tornando-a tecnicamente viável e segura. Assim, a proposta é melhorar os produtos para os clientes, sejam pessoas físicas ou empresas.

Por fim, as APIs são uma peça importante para alinhar o compartilhamento de informações entre instituições financeiras com as diretrizes da Lei Geral de Proteção de Dados, uma vez que trazem mais segurança na circulação dos mesmos.

Quer saber mais sobre o processo de transformação digital do sistema financeiro e bancário do Brasil com o Open Banking? Temos um artigo sobre o assunto que vai te ajudar a entender os principais pontos dessa mudança. Clique aqui e leia!

Vantagens das APIs no sistema financeiro

Por permitirem a conectividade e a portabilidade de dados, as APIs facilitam muitos processos e acabam favorecendo inovações, trazendo vantagens para o setor financeiro e seus usuários. A seguir, a Liber Capital comenta algumas delas:

Aumento da eficiência das aplicações

Por conectar as operações da empresa ao ambiente bancário, as APIs automatizam muitas das atividades digitais dos setores de tesouraria das empresas.

Logo, **a experiência dos usuários nas plataformas integradas se torna mais eficiente **por conta da ponte que as APIs proporcionam.

Além disso, elas permitem que os responsáveis por essas operações possam focar em tarefas mais estratégicas e contribuir para a eficiência da área.

Maior oferta de serviços

Outra vantagem das APIs para o sistema financeiro é permitir o surgimento de novos serviços.

Como a ferramenta permite a conexão entre sistemas de empresas, ela acaba sendo um fator determinante para o desenvolvimento de soluções interdisciplinares, o que acaba por diversificar as opções do mercado e acelerar a inovação do sistema.

Mais segurança na circulação de dados

Em um mundo de redes globais conectadas é comum que os usuários desse ambiente se preocupem com a segurança de seus dados, conectados a tantas fontes e sendo usados por tantas empresas, que precisam circular com segurança.

Contudo, as APIs são exatamente uma solução para melhorar a segurança na circulação de dados e informações sensíveis. Isso porque, ao ser criada, uma API determina quais informações poderão ser acessadas por outros sistemas, criando um ambiente seguro, que se limita a compartilhar apenas o estritamente necessário para realizar a operação desejada.

Adicionalmente, os protocolos de comunicação da Web, como o HTTPS, visam garantir uma comunicação segura e criptografada entre as partes envolvidas

Na Liber Capital você conta com uma plataforma segura, ágil e integrada aos principais sistemas que você precisa para antecipar seus recebíveis.

Entre em nosso site clicando aqui e confira como podemos ajudar a sua empresa.

Ghost

You can delete this user to remove all the welcome posts

Leia Mais
A transformação que as APIs promovem no sistema financeiro
Compartilhe

Receba as Novidades